terça-feira, 30 de novembro de 2010

Saudade é....

 


"O tamanho da amizade não é medido pelo número de visitas e sim pela alegria do reencontro" Luiz Câmara Cascudo

Uma singela homenagem às minhas amigas Karla e Vivian que, mesmo distantes geograficamente, estão pertinho do meu coração.

Também é uma forma de me lembrar de todos os meus amigos: os da infância, da escola, da faculdade, dos estágios, dos cursos, dos acampamentos, das viagens, dos eventos, do trabalho, da igreja, da vizinhança, dos familiares, enfim, de todos os lugares. Vocês são muito especiais para mim, ainda que eu não tenha lhes dito ou ainda que não pareça.

Se falhei, se fiz sofrer, se fui ausente, chata, se fiz algum mal, só tenho uma coisa a dizer: PERDÃO.

"Dos amigos que abracei… Muitos, não sei onde estão. Só sei que tudo o que amei, guardei no coração" Thiago Grulha

6 comentários:

Cidinha Carvalho disse...

Ai amiga que lindo acompanho sempre seu blog mas hoje me deu vontade de escrever um comentario , amiga você é muito fofa, vivi que sauddes hein?
bjs! amiga.

Lidiane Ferreira disse...

Oiii Cidinha!
=D
Obrigada pelo comentário!
Vc é muito fofa tb.
Sim, saudades dela mesmo... e de outros amigos que estão longe.
Que bom que te vejo praticamente todos os domingos.
Beijo!

Mia Dailan. disse...

eu tambem sou uma amiga distante geograficamente...

:(

Lidiane Ferreira disse...

Mai!!!

Vc mudou de cidade de novo e nem me avisou nada?? Saudades! Fiz uma alusão às minhas amigas, mas isso não exclui os outros amigos que sinto falta... como você.

Beijo!

Kah ѱѰᵠ disse...

Oi, amiga.
Só agora vi, e lágrimas caíram do meu rosto. Que saudade imensa. Nem tenho essa foto.
Te amo muito, Lidi
Sinto falta do seu carinho e de como vc escolhe as palavras antes de dizer alguma coisa.
Beijo e amei muito esse post

Lidiane Ferreira disse...

Ô, Karlinha!
Te amo muitão tb!
Fico feliz que vc tenha gostado. Saiba que é de coração mesmo.
Achei legal vc dizer que eu escolho as palavras antes de dizer alguma coisa... antes via isso como um defeito, mas acho que não é bem assim.
Beijão e fica na paz!