quarta-feira, 30 de março de 2011

Sofás

Eu tenho uma paixão estranha por sofás. E hoje, durante um curtíssimo período pela manhã, parei para pensar nisso. Foi daí que tive a ideia para este post.

Lembrei do quanto gostava de sofás quando criança. Gostava de sentar, deitar e pular (meus pais não gostavam muito dessa última parte). Até já fiz ele de "banheiro" quando era bem novinha (isso causou sérios problemas na época, mas nem me lembro muito bem). 

Eu gostava de deitar de bruços no braço do sofá - tenho até algumas fotos nessa posição. Também gostava de sentar na parte de cima e ficar olhando pela janela, já que um dos sofás ficava encostado na parede onde havia janela na sala. Olhando pela janela, eu via a rua, crianças brincando, soltava bolhinhas de sabão e até fingia que apresentava um telejornal com minha amiga imaginária Edna (sim, eu tinha uma amiga imaginária e eu me lembro o nome dela. Na minha fantasia, éramos gêmeas, já que eu durante muito tempo desejei ter uma irmã gêmea - talvez por causa das irmãs Olsen, mas enfim...).

Esdrúxulo, mas divertido. Lá em casa nunca haveria um desses...

Nesses últimos anos, o sofá ganhou uma função muito especial: cama. Calma! Eu ainda tenho minha caminha normal no quarto, como quase todo mundo. É que gosto demais de dormir no sofá - na época que o Orkut era legal, eu fazia parte da comunidade "Eu durmo no sofá".

Nas tardes livres de sábado ou domingo. Durante a semana, quando estou assistindo um filme - bom ou não - aproveito para dar uma cochilada. Meus pais ou minha irmã sempre me acordavam para eu ir para cama, aliás até hoje.

Aqui em casa, já trocamos de sofá algumas poucas vezes. Apesar de estranhar cada sofá novo, depois de um tempo vou me acostumando e ele vai tornando-se minha segunda cama. Até imaginava ter um sofá-cama algum dia, mas depois desisti da ideia. 

Aliás, várias vezes fui a lojas de móveis e fiz questão de sentar em cada sofá exposto - pena que não dava pra deitar. Até já tomei a liberdade de deitar em sofás de outras casas - mas de pessoas com quem tenho intimidade, OK?

Pois é, tenho uma paixão estranha por sofás. Acho estranho uma casa que não tenha um pelo menos. Para mim, ele é muito mais do que um local para sentar e conversar ou assistir algo na televisão. É para descansar.

Update: Um sofá enviado pelo Twitter por minha amiga Karla Marcelle. Obrigada, amiga!

Acho que colocaria um desses em algum canto da minha casa rsrs

5 comentários:

Mia Dailan. disse...

ah fala serio!
eu gostei do sofa lidi!!!
bjs saudades!

Lendo e Escrevendo NA REDE disse...

Amiga, eu sou a mesma coisa!!! E a comunidade do orkut, eu também fazia parte, rsrs!! Adoro seus textos!! Bjos.

Lendo e Escrevendo NA REDE disse...

Amiga, eu sou a mesma coisa!! Até dessa comunidade eu participava, rsrs. Adoro seus textos!!! Bjos, Waleska.

Lidiane Ferreira disse...

Dois comentários ilustres: Mai e Waleska!

Mai/Mia:Huahuahuahauahua Eu sou no estilo mais tradicional... raramente curto alguma coisa arrojada demais =P Beijo!

Amiga Kinha, obrigada pelo seu comentário e elogio. É ótimo também saber que você acessa meu blog. Beijo!

Kah ѱѰᵠ disse...

Sabia q tinha q manda a imagem p vc! ^^ E ele parece confortável pra dar uma cochilada =]